26 de outubro de 2014

Dilma foi reeleita

A vitória de Dilma Rousseff, ao ser reeleita neste domingo (26) para mais um mandato na Presidência da República, "desperta em primeiro lugar uma confortante sensação de alívio" diz o PC do B. De facto perante a ameaça do retrocesso, da "restauração conservadora e neoliberal" representada por Aécio Neves pode dizer-se que o povo ficará melhor servido.

Contudo o PCdoB alerta para a necessidade de Dilma Rousseff enfrentar grandes desafios, dado que "Num cenário internacional marcado pela crise, por ameaças à soberania das nações, aos direitos dos povos e à paz; e num quadro nacional em que as forças conservadoras e neoliberais sinalizam com torpes manobras golpistas e anunciam que tudo farão para impedir que a presidenta governe". Por isso é forçoso que "as forças progressistas que acabam de liderar a quarta vitória eleitoral consecutiva do povo brasileiro sejam chamadas agora a tomar em suas mãos a bandeira das reformas estruturais democráticas e da intensificação das mudanças".