16 de janeiro de 2013

Mentir, prometer e não cumprir

Quem aprende com quem?

Em 2009 Barack Obama na campanha eleitoral, prometeu encerrar a prisão de Guantanamo, no prazo de um ano. Quatro anos passados a promessa continua por cumprir. 
A técnica de mentir nas campanhas eleitorais é uma característica da direita. Lá como cá. 


Os eleitores americanos têm feito inúmeras manifestações reclamando a libertação imediata dos 166 detidos ou a realização de julgamentos justos. 

Desde 2002 que 779 homens passaram por Guantanamo, muitos dos quais presos durante anos, sem que tenham sido acusados ou julgados. É assim que funciona o país da democracia e da liberdade.
 

Em 2010, Barack Obama informou que 48 detidos não poderiam ser acusados nem libertados e continuam presos por tempo indeterminado sem acusação nem julgamento.