28 de março de 2012

A irracionalidade desta política


Autoestradas portajadas perderam 14 mil viaturas 
por dia


De acordo com a notícia da Lusa:

As antigas SCUT do interior e do sul, portajadas desde 08 de dezembro, perderam quase 14 mil viaturas por dia no último mês de 2011, indica um relatório do Instituto Nacional de Infraestruturas Rodoviárias (INIR).

Segundo o documento, relativo ao movimento nas autoestradas no quarto trimestre de 2011 e divulgado este mês, as quatro concessões perderam, no total, 13.990 viaturas em cada dia do mês de dezembro.

A Via do Infante (A22) movimentou diariamente, em dezembro de 2011, 6.528 viaturas, correspondente a uma quebra, face a 2010, de 48,4 por cento.
  
@Agência Lusa

As auto-estradas perdem movimento de viaturas mas as concessionárias nada perdem.
Quem perde então?
O Estado garante as receitas, mesmo que estas se reduzam.
Perde o Estado e portanto perdem todos os cidadãos.
Perde o país que investiu em auto-estradas que não têm movimento.
Ésta é a política de classe do Governo da direita.
Pagam todos para que os muito ricos possam continuar a ter uma boa vida.