12 de abril de 2011

De mansinho nos vão levando...

O FMI entrou em Portugal de mansinho (apenas uma parte, uma equipa técnica) para ir preparando o terreno. Antes que sja tarde porque não seguir a sugestão do Blog Foicebook:


Seguindo o exemplo da Islândia, que tal um referendo no mesmo dia em PORTUGAL, GRÉCIA e IRLANDA?