14 de janeiro de 2015

O GRANDE IRMÃO ESTÁ DE OLHO EM VOCÊ (1)

Os pretextos para o controle global para impor a hegemonia

O ataque terrorista ao Charlie Hebdo veio, entre outras coisas, alimentar os que precisavam de argumentos para um, ainda maior, controle de comunicações, da Internet e da localização das pessoas, em todo o mundo.

Foi noticiado que na sexta os ministros da Administração Interna da UE vão começar a discutir que regras mudam no espaço Schengen. Discussão que já é longa EUA e no reino Unido. Obama tem vindo a argumentar com o ciberterrorismo para lançar mais ataques ciberterroristas que há muito utiliza e põe em causa a privacidade. David Cameron tenta forçar uma nova lei de escutas telefónicas e espionagem online. 

Isto leva-nos para as informações que o jornal i publicou a partir da Lusa, em 20 de Maio de 2014. 
O jornalista norte-americano Glenn Greenwald destaca no livro “Sem Esconderijo – O Caso Snowden nas palavras de quem o revelou”, lançado em Portugal pela Bertrand Editora, “a coragem” do ex-analista dos serviços de informação norte-americanos Edward Snowden ao denunciar a espionagem global que os EUA praticam.

Vou portanto publicar em várias etapas, as informações que me pareceram mais importantes para tomarmos consciência do que é o imperialismo e as suas ramificações nos países do mundo. Note-se que estas denúncias referem-se apenas à espionagem dos EUA. Espionagem que serve para muitas das operações de desestabilização de governos e países que não se sujeitam à sua política. Sobre essas acções, golpes para depor governos, guerras em vários países e apoio a facções terroristas, já muita coisa foi dita neste blogue. No final destes artigos, são apresentadas as "fontes" e os links para as muitas publicações sobre este assunto.

Em abril de 2013 Snowden envia a Greenwald, por e-mail, os primeiros documentos classificados da NSA e que surpreenderam de imediato o jornalista.

O livro "Sem Esconderijo", relata a partir do encontro em Hong Kong, em que Greenwald foi acompanhado pela realizadora de documentários Laura Poitras, as teias que ligam um grande número de agências colocadas pelos EUA em todo o mundo.

Citando, “A coragem de Snowden, aliada à relativa facilidade em copiar informação digital, permitiu-nos ter uma visão, em primeira mão e sem paralelo, de como o sistema de vigilância efetivamente funciona”, sublinhou Greenwald, que ao longo do livro detalha as atividades do Programa PRISM, de vigilância de mensagens de correio eletrónico e ligações telefónicas em todo o mundo sob a justificação da luta contra o terrorismo».

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Agência_de_Segurança_Nacional
http://www.nsa.gov/about/index.shtml
http://en.wikipedia.org/wiki/PRISM_(surveillance_program)
http://www.defesaaereanaval.com.br/tag/cia/page/2?print=print-page
http://pt.wikipedia.org/wiki/PRISM_(programa_de_vigil%C3%A2ncia)
http://info.abril.com.br/noticias/seguranca/2013/09/metodos-de-espionagem-da-nsa-intrigam-especialistas.shtml
http://www.infoescola.com/estados-unidos/agencia-de-seguranca-nacional-nsa/
http://www.publico.pt/mundo/noticia/programa-da-nsa-recolhe-quase-tudo-o-que-um-utilizador-comum-faz-na-internet-1601891
http://www.esquerda.net/dossier/quem-%C3%A9-edward-snowden/28576
http://expresso.sapo.pt/nsa-esta-autorizada-a-espiar-em-portugal=f878861
http://expresso.sapo.pt/nsa-esta-autorizada-a-espiar-em-portugal=f878861#ixzz3Oo3AwW5I
http://www.ionline.pt/artigos/mais-livros/livro-sobre-ex-analista-da-cia-edward-snowden-publicado-portugal
http://port.pravda.ru/mundo/16-03-2014/36422-snowden-0/
http://www.esquerda.net/dossier/ignacio-ramonet-%E2%80%9Csomos-todos-vigiados%E2%80%9D/28557