14 de novembro de 2012

Grande Greve Geral

A demonstração de que os trabalhadores estão a atingir 
o limite da sua capacidade de aguentar esta política e este governo

Há ainda muita incompreensão de pessoas que estão acomodadas ou inconscientes face ao desastre para que esta política está a levar o país.
O falso argumento da direita, para manter as pessoas enganadas e obedientes, é o de que as greves não resolvem nada e prejudicam o país.

Quem não resolve nada e, pelo contrário, agrava os problemas é o Governo e as troikas.
  

Quem prejudica o país?
Um dia de Greve de 3 milhões de trabalhadores ou 250 dias de greve de um milhão e trezentos mil desempregados?

Quem prejudica o país?
Os estivadores, a falta de transportes num dia, ou os 9.000 milhões de euros para o BPN, e mais de 50.000 milhões de euros para os juros agiotas dos bancos?

Quem prejudica o país?
As empresas que pararam um dia ou as PPP que durante 365 dias por ano levam ao Estado 48.000 milhões de euros?

A Greve Geral, como as greves decididas pelas organizações dos trabalhadores, é uma ação patriótica que, para alem de defender os trabalhadores, visa defender o país e os portugueses.