2 de abril de 2012

O 1º de Abril e a verdade

Como se ganham eleições

Procurei nas notícias dos Jornais e Televisão qual a mentira de 1 de Abril e, vi tantas que, fiquei sem saber qual escolher.
Lembrei-me então que nesta nossa "democracia" ganham eleições, não os que têm mais mérito, mas, os que mais mentem e conseguem enganar. Para isso não precisam de esperar pelo 1º de Abril. Mentem todos os dias. Por isso sugiro que o 1 de Abril passe a ser o dia da verdade. Ao menos que haja um dia no ano em que a vergonha recorde que a verdade existe.
  
Onde e em que dias, ouvi isto:

" O IVA, já o referi, não é para subir"
 
"Se vier a ser primeiro-ministro, a minha garantia é que a carga fiscal será canalizada para os impostos sobre o consumo e não sobre o rendimento das pessoas"
 
"Do nosso lado não contem com mais impostos"
 
"Dizer que o PSD quer acabar com o 13º mês é um disparate"
 
"Eu não quero ser primeiro-ministro para proteger os mais ricos"
  
"Quando for preciso apertar o cinto, não fiquem aqueles que têm a barriga maior a desapertá-lo e a folgá-lo"
 
"Tributaremos mais o capital financeiro, com certeza que sim"
 
"Ninguém nos verá impor sacrifícios aos que mais precisam"
 
"Não quero ser eleito para dar emprego aos amigos"
 
"etc, etc, etc....
 
Que legitimidade para governar pode ter quem ganha eleições por muito mentir?