28 de setembro de 2011

Vamos continuar a comer e calar?

O Governo comemora os 100 dias de retrocesso civilizacional

Imagem do blog ferroadas

Manifestemos a nossa indignação pelos 13.000 dias de ataque ao 25 de Abril de 1974
13.000 dias de Governos de direita a destruir Portugal e a encher os bolsos dos magnatas. 13.000 dias a andar para trás. Isto tem que parar. A luta faz-se também na rua

Aumentam as desigualdades
Os ricos cada vez mais ricos com o dinheiro proveniente de quem trabalha

Américo Amorim, o rei da cortiça, ficou 800 milhões de euros mais rico. O patrão da Jerónimo Martins viu os seus bens reforçados em 635 milhões.

A soma das fortunas dos três mais ricos de Portugal, Américo Amorim, Belmiro de Azevedo e Alexandre Soares dos Santos é 6,38 mil milhões de euros, o equivalente a 3,6% do produto interno bruto nacional. 

Estas três fortunas cresceram 1,4 mil milhões em 2010 ano de crise de aumento de impostos ao trabalhadores e reduções de ordenados.