29 de setembro de 2011

O Governo português ao serviço da troika estrangeira

A troika está disponível para trocar o corte na taxa social única (TSU) por outra medida. 
Notícia do Diário Económico.

Ficamos a saber que o Governo português foi autorizado pela troika.
Entretanto sabemos também pelo presidente da República que já não é em em 2012 que está a luz ao fundo do túnel. 2012 vai ser um ano de maiores sacrifícios.
Em 2008 Sócrates dizia que os sacrifícios feitos iriam acabar em 2009.
Em 2009 foi prometido o fim da crise em 2010.
Em 2010 os "governantes" aplicando sempre mais medidas de austeridade, prometeram o fim dos sacrifícios em 2011.
E agora?
Afinal, continuamos a pagar as dívidas que não contraímos e eu pergunto. Para onde vai o dinheiro que estamos a pagar? 
Há alguns a ganhar fortunas com esta "crise" (ver aqui).