9 de setembro de 2011

Os assobios de Cavaco (1)

É isto a "democracia" capitalista.


A saúde deixa de ser o direito e a prioridade que a Constituição define, e passa a ser tratada como uma área de negócio, para alguns enriquecerem.

Medicamentos e assistência só para quem tem dinheiro. Impostos e trabalho para os pobres.
O Governo da direita, dos ricos, PSD, CDS/PP, corta nos apoios à saúde, para alimentar os privados. Quem tem dinheiro compra a assistencia à saúde, os que o não têm, trabalham até aguentar. Se deixarem de trabalhar não comem e ficam curados de vez. É esta a nossa democracia. A democracia do dinheiro.

Cavaco fecha os olhos, assobia para o lado e finge que não conhece a Constituição da Republica que jurou defender.