24 de fevereiro de 2013

Unir, organizar e lutar

Contra a política de direita, pela demissão deste governo

A CGTP exorta à intensificação da acção sindical nos locais de trabalho, apela à dinamização e reforço das lutas de âmbito mais geral contra a ofensiva capitalista e pela exigência de demissão do Governo PSD/CDS;

Lutas das organizações dos trabalhadores:
 

-        Semana de luta em defesa do Sector Empresarial do Estado, de 27 Fevereiro a 9 Março;
-        Acção junto à Assembleia da República, promovida pela Comissão Promotora da «Água é de todos”, no dia 28 de Fevereiro;
-        Greve dos trabalhadores da Rodoviária do Tejo, de 28 Fevereiro a 6 de Março;
-        Greve dos trabalhadores da CP e da CP/Carga, no dia 6 de Março;
-        Greve dos trabalhadores da REFER, no dia 7 de Março;
 


-        Greve dos trabalhadores dos Transportes Sul do Tejo, em 8 de Março;
-        Manifestação Nacional dos trabalhadores e reformados do sector dos transportes, dia 9 de Março;
-        Acção Nacional pela exigência da publicação imediata das portarias de extensão, em 12 de Março;
-        Manifestação Nacional dos Trabalhadores da Administração Pública, dia 15 de Março, em Lisboa;
-        Manifestação do Dia Nacional da Juventude, em 27 de Março, em Lisboa.
 

Arménio Carlos, anunciou ainda o apoio e participação da CGTP na manifestação de 2 de Março e disse que “A hora é de unir. Os problemas dos trabalhadores justificam que todos contribuam para travar as políticas que estão a fazer mal ao país”.