8 de março de 2011

Dia Internacional da Mulher

Paula Rego
 
Pela primeira vez, o Brasil vai receber uma exposição individual de Paula Rego...


Com esta notícia, hoje, Dia Internacional da Mulher, também se comemora as mulheres que se destacaram, seja a lutar por justas causas, seja porque contribuíram para "abanar" as consciências através da Arte.
 
Controversa, a pintura e personalidade de Paula Rego, sem dúvida, é incontestavelmente, no mundo da arte, uma mulher de reconhecidas qualidades. Em Portugal e no estrangeiro. Atrever-me-ia a dizer que, mais no estrangeiro que em Portugal, onde a cultura é muito pouco apoiada.

De 19 de março a 5 de junho, a Pinoteca do Estado de São Paulo terá patente uma retrospetiva da artista, com cerca de 110 obras, entre gravuras, desenhos e colagens, realizadas de 1953 a 2009.
 
De acordo com um comunicado da Fundação Luso-Brasileira, a exposição já passou pelo Museu de Arte contemporânea de Monterrey (México) sob o planeamento de Marco Livingstone, historiador de arte e autor da monografia de Paula Rego.


Paula Rego, "Salazar a Vomitar a Pátria", 1960, Óleo,
FCG., Centro de Arte Moderna, Lisboa