5 de novembro de 2014

Licenciados em demasia

A submissão, dos governos, aos que nos exploram até ao tutano

A vergonhosa e desprezível declaração de Merkel sobre os licenciados em demasia em Portugal, como muitas outras anteriormente feitas, caluniando os portugueses, não têm merecido resposta dos nossos governantes, sejam do PS sejam do PSD, figuras merdosas, cobardes e submissas, a quem a comunicação social chama de "arco do poder", mestres na arte de mentir e enganar papalvos para ganharem eleições e se autoapelidarem representantes dos portugueses.
Foto retirada do blog Ferroadas
Representantes dos portugueses ou representantes dos seus patrões, pretensamente donos do mundo capitalista, que governam com a cumplicidade, destes palhaços?
Estamos à espera de quê para correr de vez com esta escumalha que destrói o país e o vende em saldo? 
De que massa são feitos os portugueses que os aturam e não tomam em suas mãos a defesa dos seus direitos?

Hoje é claro, para a grande maioria, que esta política de direita, executada por esta gente não serve! Contudo parece não ser claro que temos as soluções nas mãos. Continuamos esperando por D. Sebastião que segundo dizem, e parece que acreditam, aparecerá numa manhã de nevoeiro para fazer por nós aquilo que já deveríamos, há muito, ter feito.
  
Não continuemos a ir na onda, agora com os muitos licenciados, desviando as atenções do que é importante. O que eles não querem que se saiba, e por isso dão ordens à "comunicação social" para esconder, é que temos bastantes portugueses, licenciados ou não, que sabem o que querem, que apresentam propostas e soluções, que mostram que existe uma política alternativa a esta miserável política de direita. Esses sim, para eles, são em demasia porque não servem os seus interesses.